sábado, 26 de dezembro de 2009

Koh Samui

Koh Samui, provavelmente, é a maior ilha da Tailândia, e a mais movimentada também.
Pra poder conhecer mesmo a ilha, tem-se que alugar uma scooter e sair explorando, o que foi um problema pra mim, já que eu não sei andar de moto e não gosto também.
Bom, com isso, minha estadia em Samui se resumiu á parte de Chaweng.
A praia aqui é quentinha e de águas fortes, cheia de ondas, a rua é super movimentada, tem todo tipo de badalação.

Eu estou começando a achar que praia é igual em todo lugar no mundo. Um monte de gente curtindo o sol, outros, como eu, ficam a maior parte do tempo na sombra, formada pelas árvores. Cadeira, se quiser tem que pagar. Ambulante, tem também, vendendo tudo que você imaginar (milho doce frito, frutas, churrasquinho de frango, água viva seca, saída de praia, canga, bola de vôlei e futebol, e por aí vai...). O difícil aqui é o acesso a praia, como a maioria dos resortes vão até a areia da praia, você tem que achar um dos poucos becos e chegar na praia, eu, por sorte, estava praticamente ao lado de um.

Meus dias em Samui foram muito tranqüilos: acordar, tomar café, ir pra praia (isso já era por volta do meio dia), voltar, tomar banho, descansar um pouco (porque praia cansa gente....), dar uma volta na rua, jantar e ir dormir.
Em baixo do hotel que eu fiquei, tem uma cafeteria, todos os dias antes de dormir eu ia lá, a menina que trabalha lá, Bee o nome dela, é uma graça, ficamos amigas. Ela é do Camboja, mas tem 3 anos que na alta temporada vai pra Tailândia trabalhar. E na baixa temporada, volta pra sua cidade, pra ajudar a familia na plantação de arroz. Ela disse que no fim da colheita eles fazem uma enorme festa. Era realmente legal conversar com ela.

Passei o Natal em Samui, mas acabei desistindo da churrascaria brasileira. Fui jantar num restaurante italiano, e foi interessante ver como o natal é comemorado em um país Budista. Pra eles, dia 25 de dezembro é um dia qualquer, mas todos estavam na
porta dos restaurantes de gorro vermelho e desejando feliz natal pra quem passava, tanto no dia 24 como no dia 25.
Eu vi também, varios tailandeses recebendo presente de natal, sempre de um turista que está na ilha a mais tempo ou que mora lá. E mesmo sem ter o costume, eles adoravam receber os presentes, claro, quem não gosta de receber presentes?!?!!

Depois de alguns dias em Samui, hoje foi dia de seguir viagem. Estou agora em Koh Phangan, outra ilha no golfo da Tailândia, meia hora de
barco de Samui.
Cheguei e sai andando atrás de lugar pra ficar, foi difícil achar, porque a ilha está cheia, aqui é o lugar que todo mochileiro/viajante, que está pela redondeza, vem passar a virada de ano.
Acontece na beira da praia, uma espécie de rave, mas que toca todo tipo de música. O nome da festa é Full Moon Party. Ela acontece sempre na lua cheia, acontece sempre no Natal e na Virada de Ano também, mas esse ano, a noite de 31 de dezembro é noite de lua cheia, então vai ser realmente a full moon party de ano novo. Depois eu volto e conto como foi :0)))
Koh Phangan também é grande, por isso escolhi ficar na praia vizinha da que acontece a festa, 10 minutos andando, tranqüilo e seguro. O nome da praia é Haad Rin Nai, a praia não é muito boa, mas tem um pôr-do-sol lindo!!! Depois eu coloco fotos. Já a praia da tal festa, que chama Haad Rin Nok é ótima, tem uma boa faixa de areia, branquinha e fina, praia de águas quentes e calmas!!! Aproveitei que o dia era de céu limpo e azul, e dei uma volta nas duas praias hoje :0))).

Bom, depois volto pra contar mais de Koh Phangan, pra desejar feliz 2010 e contar da festa também!
Beijos pra todos!!

Um comentário:

  1. Licia,

    Curta muito, mas não esqueça do filtro solar!!!

    Bjos da amiga velejadora!

    ResponderExcluir